A não participação nas aulas de Educação Física na perspectiva de alunos do ensino fundamental II

Jairo Antônio Paixão, Otávio Soares Oliveira

Resumo


O estudo investigou a não participação nas aulas de Educação Física na perspectiva de alunos do ensino fundamental II. A partir de uma investigação de natureza qualitativa, foi possível afirmar que a parcela de alunos que se recusa a participar das aulas adere à prática regular de atividades físico-esportivas em ambientes extraescolares como em academias, clubes e nos bairros onde residem. Dentre os motivos, encontram-se a falta de materiais pedagógicos e estruturais na escola, repertório pouco variado dos conteúdos trabalhados e, ainda, a indiferença por parte do professor diante do quadro apresentado. Já os alunos que participam acabam por assumir o protagonismo nas atividades físico-esportivas, fator esse que tem propiciado a segregação pelos mais habilidosos e conflitos relacionados à categoria gênero.


Palavras-chave


Escola; Educação Física; Não participação discente.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24933/horizontes.v35i2.310

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Horizontes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Universidade São Francisco
CNSP-ASF | Casa de Nossa Senhora da Paz - Ação Social Franciscana

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia