Construção da Escala Todaro: atitudes de crianças em relação a idosos

Autores

  • Monica de Ávila Todaro UNINOVE

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v35i1.313

Palavras-chave:

Atitudes, Crianças, Idosos.

Resumo

O objetivo deste estudo foi levantar significados de velhice entre as crianças e representá-los estruturadamente nos moldes de uma escala diferencial semântica, facilmente inteligível para elas. Escalas são meios de avaliação psicológica em que o respondente atribui graus de intensidade a elementos postos à sua análise. Sabe-se que as atitudes podem ser inferidas apenas por evidências de respostas ou indicadores. O método escalar tem ampla aceitação na Psicologia, na pesquisa e na intervenção. Pretende-se descrever a construção da Escala Todaro, para a avaliação de atitudes de crianças em relação a idosos e, despretensiosamente, iniciar um processo de colaboração com os pesquisadores e educadores engajados numa visão progressista de ensino. A Pedagogia Progressista é, no Brasil, um paradigma que propõe a transformação social por meio da educação. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Monica de Ávila Todaro, UNINOVE

Pedagoga; mestre em Gerontologia; doutora em Educação; Professora Titular do Programa de Pós Graduação em Educação da UNINOVE

Downloads

Publicado

2017-05-01

Como Citar

Todaro, M. de Ávila. (2017). Construção da Escala Todaro: atitudes de crianças em relação a idosos. Horizontes, 35(1), 141–150. https://doi.org/10.24933/horizontes.v35i1.313