A língua portuguesa pelo cinema brasileiro: uma proposta de ação no ensino da língua portuguesa na educação de jovens e adultos

Marcelo Vicentin, Jackeline Rodrigues Mendes, Isabel Cristina dos Santos Rodrigues, Carlos Roberto da Silveira

Resumo


Este artigo problematiza o ensino de Língua Portuguesa na Educação de Jovens e Adultos por meio do cinema produzido e falado em português brasileiro. Utilizamos de pesquisa documental e histórica para, inicialmente, analisar a construção da língua brasileira, a proposta curricular do Estado de São Paulo e o projeto “O Cinema Vai à Escola” para, posteriormente, desestabilizar o encontro entre variedades linguísticas de maior prestígio – língua escolar, escrita, oficial, padrão – e de menor prestígio – língua falada, cotidiana, coloquial, não padrão – pelo e no audiovisual, a fim de observar olhares e falares sobre o português brasileiro, problematizando suas diferenças e preconceitos.

Palavras-chave


Educação de Jovens e Adultos, Cinema, Língua Portuguesa, Subjetividade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24933/horizontes.v34i3.348

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Horizontes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Universidade São Francisco
CNSP-ASF | Casa de Nossa Senhora da Paz - Ação Social Franciscana

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia