A língua portuguesa pelo cinema brasileiro: uma proposta de ação no ensino da língua portuguesa na educação de jovens e adultos

Autores

  • Marcelo Vicentin Universidade São Francisco http://orcid.org/0000-0003-0476-0587
  • Jackeline Rodrigues Mendes Faculdade de Educação da Universidade de Campinas
  • Isabel Cristina dos Santos Rodrigues Faculdade Zumbi dos Palmares
  • Carlos Roberto da Silveira Universidade São Franscico

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v34i3.348

Palavras-chave:

Educação de Jovens e Adultos, Cinema, Língua Portuguesa, Subjetividade

Resumo

Este artigo problematiza o ensino de Língua Portuguesa na Educação de Jovens e Adultos por meio do cinema produzido e falado em português brasileiro. Utilizamos de pesquisa documental e histórica para, inicialmente, analisar a construção da língua brasileira, a proposta curricular do Estado de São Paulo e o projeto “O Cinema Vai à Escola” para, posteriormente, desestabilizar o encontro entre variedades linguísticas de maior prestígio – língua escolar, escrita, oficial, padrão – e de menor prestígio – língua falada, cotidiana, coloquial, não padrão – pelo e no audiovisual, a fim de observar olhares e falares sobre o português brasileiro, problematizando suas diferenças e preconceitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Vicentin, Universidade São Francisco

Doutorando em Educação (2014) e Mestre em Educação (2013) pela Universidade São Francisco (USF); Especialista em Mídias na Educação (2012) pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); Bacharel em Cinema (1995) pela Faculdade Armando Alvares Penteado (FAAP), Licenciado em Língua Portuguesa pela Faculdades Integradas Teresa Martin (2003).
Trabalhos ligados à difusão cinematográfica brasileira e ao Núcleo de Comunicação e Educação da Universidade de São Paulo (NCE-USP)
Professor de Língua Portuguesa na Rede Estadual Paulista.
O mestrado problematiza relações curriculares e o uso da linguagem cinematográfica no espaço escolar.
O doutorado propõe discutir as singularidades de alunos que não observam o espaço escolar como local para sua formação.
Participa dos grupos de pesquisa: Grupo de Pesquisa: Estudos foucaultianos e Educação (GPEFE)

Isabel Cristina dos Santos Rodrigues, Faculdade Zumbi dos Palmares

Graduada em Letras pela Universidade Bandeirante de São Paulo (UNIBAN), 2003.
Pós-graduada em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC- SP), 2008.
Mestre em Educação pela Universidade Metodista, 2015.
Leciona Língua Portuguesa, Leitura e Produção Textual no Instituto Afrobrasileiro de Ensino Superior, Faculdade Zumbi dos Palmares, atuando nos cursos de Pedagogia, Administração, Publicidade, Tecnologia Terrestre, Direito.
Atua como Professora Coordenadora de Núcleo Pedagógico (PCNP) de Língua Portuguesa pela DER-Centro.

Downloads

Publicado

2016-12-22

Como Citar

Vicentin, M., Mendes, J. R., Rodrigues, I. C. dos S., & da Silveira, C. R. (2016). A língua portuguesa pelo cinema brasileiro: uma proposta de ação no ensino da língua portuguesa na educação de jovens e adultos. Horizontes, 34(3), 73–80. https://doi.org/10.24933/horizontes.v34i3.348