Retomando a educação ambiental crítica a partir dos pressupostos de Paulo Freire e Enrique Dussel

  • André Luis Castro de Freitas Universidade Federal do Rio Grande - FURG Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental - PPGEA http://orcid.org/0000-0002-4566-3655
  • Luciane Albernaz de Araujo Freitas Instituto Federal Sul-Rio-Grandense - IFSUL. Programa de Pós-Graduação em Educação http://orcid.org/0000-0001-9014-0071

Resumo

O estudo tem como objetivo constituir aproximações entre o campo da educação ambiental crítica e os pressupostos trabalhados por Freire e Dussel. A partir de um estudo descritivo crítico, resultante de uma pesquisa de abordagem qualitativa, bibliográfica, tem-se como intenção elencar a relevância no campo das relações educativas as categorias: alteridade, diálogo e dialética. Reflete-se sobre a dicotomia existente entre uma educação ambiental a qual anuncia boas práticas individuais e aquela a qual denuncia a insustentabilidade. Na segunda parte, compreende-se sobre a necessidade de que se caminhe na direção da liberdade do Outro para que se alcance a própria. Após, encaminha-se uma discussão a qual trata o respeito à vida, pela valorização da identidade cultural dos seres humanos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Luis Castro de Freitas, Universidade Federal do Rio Grande - FURG Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental - PPGEA

Mestre e Doutor em Ciência da Computação.

Mestre e Doutor em Educação

Professor da Universidade Federal do Rio Grande.

Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental.


 

Luciane Albernaz de Araujo Freitas, Instituto Federal Sul-Rio-Grandense - IFSUL. Programa de Pós-Graduação em Educação

Mestre em Desenvolvimento Social.

Doutora em Educação Ambiental.

Professora do Instituto Federal Sul-Rio-Grandense.

Programa de Pós-Graduação em Educação.

Publicado
2020-02-25
Como Citar
Freitas, A. L. C. de, & Freitas, L. A. de A. (2020). Retomando a educação ambiental crítica a partir dos pressupostos de Paulo Freire e Enrique Dussel. Horizontes, 38(1), e020013. https://doi.org/10.24933/horizontes.v38i1.757