Uma análise construcionista social da liberdade na educação

Rita de Cássia de Souza

Resumo


Este ensaio apresenta uma discussão teórica a respeito da liberdade na perspectiva do Construcionismo Social e sua aplicabilidade no contexto da educação escolar. Liberdade, do ponto de vista relacional, só existe quando há possibilidade da divergência, de conflitos de ideias, de expressar opiniões que não são as da maioria. Para isso, precisamos aprender a conviver com pessoas que não tem nada em comum, que são diferentes e nos pareçam estranhas e até incômodas. Denominamos este processo de inclusão. Consideramos que a escola tem uma grande tarefa no sentido de criar comunidades inclusivas, mas isso exige uma significativa reformulação no modelo escolar conhecido, que tende a ser excludente, competitivo, individualista e colonizador.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24933/horizontes.v38i1.760

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Horizontes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Universidade São Francisco
CNSP-ASF | Casa de Nossa Senhora da Paz - Ação Social Franciscana

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia