Formação de professores e os limites e possibilidades das tecnologias digitais na educação

Resumo

O artigo, de bases hermenêuticas, apresenta alguns desafios comuns à formação de professores e esboça projeções tecnológicas descentralizadas na educação. Partimos das seguintes problematizações: De que forma é viável articular uma formação de professores para o planejamento com as tecnologias, indo além dos tecnicismos e do ensino unidirecional? Quais os desafios que as profundas transformações trazem nas formas de se relacionar com o outro no mundo tecnológico na educação? Os resultados indicam que não se trata simplesmente de garantir que as inovações tecnológicas entrem na cultura escolar, mas de dar condições de tempo para que os professores possam pensar, aprender com o outro e ressignificar o antigo, resistindo ao ensino fabricado e integrando as potencialidades humanas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adilson Cristiano Habowski, Universidade La Salle
Mestrando em Educação pela Universidade La Salle - Canoas/RS, na linha de pesquisa: Culturas, Linguagens e Tecnologias na Educação. Possui o Ensino Médio na modalidade normal (magistério), com habilitação para atuar como professor nas áreas de Educação Infantil e Séries Iniciais (2014); Graduação em Teologia pela Universidade La Salle - Canoas/RS (2017) e Especialização em Docência no Ensino Superior: Práxis Educativa pela Universidade La Salle - Canoas/RS (2019). Tem experiência prática nas áreas de Educação Infantil, Séries Iniciais e na área de Pastoral Escolar, com ênfase em Formação humana. Tem interesse principalmente nos seguintes temas: filosofia das tecnologias; tecnologias e educação; teoria crítica; filosofia da educação; hermenêutica e educação; sexualidade, gênero e educação. Participante do Núcleo de Estudos sobre Tecnologias na Educação - NETE/UNILASALLE/CNPq.
Elaine Conte, Universidade La Salle
Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS, 2012). Professora da Universidade La Salle - UNILASALLE, Canoas, atua no Curso de Pedagogia e no Programa de Pós-Graduação em Educação, Linha de Pesquisa Culturas, Linguagens e Tecnologias na Educação. Líder do Núcleo de Estudos sobre Tecnologias na Educação - NETE/CNPq, com financiamento do CNPq e do Programa Primeiros Projetos da FAPERGS. Possui graduação em Pedagogia com habilitação em séries iniciais e matérias pedagógicas pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, 2003) e mestrado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, 2005). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Fundamentos da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, teoria crítica, filosofia da educação, tecnologias digitais e educação, estética e performance, educação a distância. É membro do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade La Salle e do Grupo de Estudos sobre Filosofia da Educação e Formação de Professores - GEFFOP/CNPq coordenado pela professora doutora Catia Piccolo Viero Devechi (UnB). 
Publicado
2020-07-04
Como Citar
Habowski, A. C., Conte, E., & Flores, H. R. F. de. (2020). Formação de professores e os limites e possibilidades das tecnologias digitais na educação. Horizontes, 38(1), e020029. https://doi.org/10.24933/horizontes.v38i1.829