Letramento matemático: um processo construído pelo narrar e pelas linguagens

Cidinéia da Costa Luvison, Luzia Batista de Oliveira Silva

Resumo


O presente artigo trata-se de um recorte de uma pesquisa de doutorado defendida no ano de 2017 e que investigou sobre o processo de letramento matemático a partir de narrativas para a apropriação da linguagem e de conceitos matemáticos. Para este texto o objetivo é trazer algumas discussões sobre o letramento em aulas de matemática (Kleiman) e o uso das linguagens enquanto parte do desenvolvimento conceitual pelo aluno (Bakhtin; Ricoeur; e Vigotski). Para isso, foram selecionadas algumas narrativas orais e escritas de alunos do 3º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública municipal do interior de São Paulo. Os resultados evidenciaram que o letramento está aliado as práticas sociais, a partir da ação planejada na sala de aula, trazendo a possibilidade do aluno comunicar, ler, narrar e transformar-se.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24933/horizontes.v38i1.860

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Horizontes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Universidade São Francisco
CNSP-ASF | Casa de Nossa Senhora da Paz - Ação Social Franciscana

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia