Ações de Didatização de Gêneros em prol de Letramentos Acadêmicos: práticas e demandas

Vera Lucia Lopes Cristovão, Jacqueline Sanches Vignoli

Resumo


Todos os anos, novos estudantes ingressam no Ensino Superior e são demandados a desempenhar ações, em língua portuguesa e em línguas estrangeiras, ou seja, os alunos são inseridos em práticas linguageiras denominadas letramentos acadêmicos. Neste artigo, objetivamos apresentar as linhas mestras de um projeto interinstitucional desenvolvido por pesquisadores de três universidades públicas paranaenses (UEL, UTFPR e UNESPAR), cujo objetivo central é o de mapear a existência e/ou as possíveis demandas por práticas de Letramentos acadêmicos no Ensino Superior para, na sequência, propor ações didáticas conjuntas nas universidades envolvidas em um processo de implementação do Laboratório Integrado de Letramentos Acadêmicos - LILA. Como conclusão, apontaremos alguns desafios encontrados na pesquisa, bem como algumas possibilidades de resolução das dificuldades.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24933/horizontes.v38i1.869

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Horizontes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Universidade São Francisco
CNSP-ASF | Casa de Nossa Senhora da Paz - Ação Social Franciscana

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia