Professoras: narradoras de memórias e experiências do trabalho em escolas multisseriadas em Palmitos - SC

Autores

  • Elison Antonio Paim

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v31i2.10

Resumo

Na região Oeste de Santa Catarina, as atividades educacionais foram sendo formalizadas com o processo de colonização a  partir do primeiro quartel do século XX. Nos primeiros tempos, as atividades educacionais
aconteceram apenas em algumas comunidades nas quais pessoas de forma individualizada preocupavam-se com a escolarização. Em algumas comunidades, especialmente naquelas de descendentes de alemães, foram sendo construídas as primeiras salas de aula em que se ensinava em dialetos das línguas de origem, pois havia uma quase total ausência do Estado enquanto promotor da educação até a década de 1940. Com a Segunda Guerra Mundial, o governo brasileiro proibiu que os imigrantes e seus descendentes falassem em suas línguas e dialetos de origem. A partir de então, intensificaram-se as preocupações governamentais em dar uma educação mais formal para que, entre outras coisas, os alunos fossem ensinados a falar português. Nesta pesquisa, procuramos, mediante rememorações, dar visibilidade aos sujeitos realizadores da escolarização – os professores. Os dados foram  obtidos  mediante  depoimentos  orais  de  professoras  no  município  de Palmitos,  no  estado  de  Santa Catarina.
Palavras-chave: memória, experiência, fazer-se professor, escolas multisseriadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elison Antonio Paim

Possui  graduação  em  História  pela Universidade  Federal  de  Santa  Maria  (1986), mestrado em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1996) e doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (2005). Professor Adjunto I da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), lotado no Departamento de Metodologia de Ensino (MEN) do Centro de Educação. Tem experiência na área de História e Educação, com ênfase em Praticas de Ensino, Experiências de Ensino. Desenvolve trabalhos de Ensino, Pesquisa nos seguintes temas: estágio; formação docente; experiência, memória; fazer-se professor, história; historiografia; ensino de história, memória e patrimônio cultural.

Downloads

Publicado

2013-12-30

Como Citar

Paim, E. A. (2013). Professoras: narradoras de memórias e experiências do trabalho em escolas multisseriadas em Palmitos - SC. Horizontes, 31(2). https://doi.org/10.24933/horizontes.v31i2.10