Experiência de Formação do PNAIC: desafios, complexidades e potencialidades

Autores

  • Sueli Salva Universidade Federal de Santa Maria
  • Neusa Maria Roveda Stimamiglio Pesquisadora colaboradora Universidade Federal de Santa Maria/ Formadora PACTO
  • Helenise Sangoi Antunes Universidade federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v33i1.102

Palavras-chave:

formação continuada, PNAIC, narrativas de memória

Resumo

Este artigo tem como objetivo refletir acerca do processo formativo de professores orientadores de estudo, participantes do programa Pacto Nacional de Alfabetização na Idade Certa (PNAIC/MEC), realizado na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Além do estudo dos cadernos disponibilizados pelo programa, durante a formação, recorremos a narrativas de memória sobre o processo de escolarização das professoras como estratégia para desencadear a reflexão crítica sobre a prática, uma vez que, de acordo com o referencial teórico utilizado, ao narrar memórias, os sujeitos compreendem o processo vivido e repensam suas experiências pessoais e profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sueli Salva, Universidade Federal de Santa Maria

Pedagoga, especialista em dança, doutora em educação pela UFRGS, Pofessora adjunta do departamento de metodologia do Ensino do centro de Educação da UFSM.

Neusa Maria Roveda Stimamiglio, Pesquisadora colaboradora Universidade Federal de Santa Maria/ Formadora PACTO

Neusa Maria Roveda Stimamiglio neusar@nol.com.br - UFSM – Antonio Prado. Pedagoga, Psicopedagoga, Mestre em Educação pela UFRGS, professora formadora do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Pesquisadora colaboradora na UFSM. 

Helenise Sangoi Antunes, Universidade federal de Santa Maria

Helenise Sangoi Antunes professora@helenise.com.br – UFSM – Santa Maria. Pedagoga, Doutora em Educação pela UFRGS, Diretora do Centro de Educação da UFSM, Coordenadora do PNAIC/UFSM, Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação na UFSM.

Referências

ABRAÃO, Maria Helena Menna Barreto. As narrativas de si ressignificadas pelo emprego do método autobiográfico. In. ______; DE SOUZA. Elizeu Clementino. (Orgs). Tempos, narrativas e ficções: a invenção de si. Porto Alegre. EDIPUCRS, 2006.

ARFUCH, Leonor. El espacio biográfico: dilemas de la subjetividade contemporanea. Buenos Aires: Fondo de Cultura, 2002.

ARROYO, Miguel G.. Ofício de mestre: imagens e auto-imagens. Petrópolis: Vozes, 2000.

BOJUNGA, Lygia. A bolsa amarela. Rio de Janeiro: Editora Casa Lygia Bojunga, 1976.

BOSI, Ecléa. O tempo vivo da memória: ensaios de psicologia social. São Paulo: Ateliê, 2003.

BRASIL. Portaria MEC nº 867, de 4 de julho de 2012. Institui o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. Ministério da Educação, Secretaria da Educação Básica: Brasília, 2012.

CRUZ, Magna do Carmo Silva. Currículo no ciclo de alfabetização: ampliando o direito de aprendizagem de todas as crianças. In. BRASIL, Secretaria da Educação Básica, Diretoria de Apoio a Gestão Educacional: pacto nacional pela alfabetização na idade certa: currículo no ciclo de alfabetização: consolidação e monitoramento do processe de ensino e aprendizagem. Ano 2 Unidade 1. Brasília, MEC, SEB, 2012.

CRUZ, Priscila; MONTEIRO, Luciano. Os Números da Educação Brasileira. In. ______. Anuário Brasileiro da Educação Básica. São Paulo: Moderna, 2012.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 2002.

______. A educação na cidade. São Paulo: Cortez, 2000.

FERNÁNDEZ, Alicia. O saber em jogo: a psicopedagogia proporcionando autorias de pensamento. Porto Alegre: Artmed, 2001.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, 2006.

LARROSA, Jorge. La experiencia de la lectura: estudios sobre literatura e formación. Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 2003.

JOSSO, Marie-Christine. A experiência de vida e formação. Natal: EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2010.

MELUCCI, Alberto. O jogo do eu. São Leopoldo: Unisinos, 2004.

______. Por uma sociologia reflexiva: pesquisa qualitativa e cultura. Petrópolis: Vozes, 2005.

PICCOLI, Luciana. Práticas pedagógicas no processo de alfabetização e de letramento análise a partir dos campos da sociologia e da linguagem. UFRGS, p. 238 p. Tese (Doutorado em Educação Programa de Pós-Graduação em Educação, 2009.

SALVA, Salva. Narrativas da Vivência Juvenil Feminina: histórias e poéticas produzidas por jovens de periferia urbana de Porto Alegre: UFRGS, p. 392p. Tese (Doutorado em Educação) Programa de Pós-Graduação em Educação, 2008.

WARSCHAUER, Cecília. Rodas em rede: oportunidades formativas na escola e fora dela. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2001.

Downloads

Publicado

2015-08-09

Como Citar

Salva, S., Stimamiglio, N. M. R., & Antunes, H. S. (2015). Experiência de Formação do PNAIC: desafios, complexidades e potencialidades. Horizontes, 33(1). https://doi.org/10.24933/horizontes.v33i1.102