Os desafios do ensino remoto para alfabetizadoras em início de carreira

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v40i1.1190

Resumo

Este artigo apresenta um estudo que acompanhou um grupo de alfabetizadoras em 2020 com o objetivo de investigar quais seriam os maiores desafios experienciados com a implementação do ensino remoto para docentes iniciantes na alfabetização. Os dados analisados originam-se de uma pesquisa qualitativa que indicia complexidades com relação às adaptações iniciais da nova modalidade de ensino, dificuldades com o estabelecimento das relações com os pais, problemas de gerenciamento do tempo acarretando sobrecarga de trabalho, até os impasses para se realizar aulas síncronas. Aspectos que reforçam a importância de se promover espaços de acolhimento e formação a esses docentes que há pouco iniciaram na alfabetização, e tão logo se depararam com o ineditismo do ensino não presencial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carmen Regina Gonçalves Ferreira, FURG

Possui licenciatura em Letras com habilitação em Língua Portuguesa e Literatura (FURG) , licenciatura em Pedagogia (UNINTER), especialização em Ciências Sociais na Educação (URCAMP), mestrado em Educação (UFPel) e doutorado em Educação (UFPel). É membro do grupo de pesquisa GEALE - UFPel (Grupo de Estudos sobre a Aquisição da Linguagem Escrita); e participa ainda do Grupo de Estudo e Pesquisa em Alfabetização e Letramento (GEALI-FURG). É membro do Laboratório de Alfabetização e Práticas de Incentivo a Leitura- LAPIL-FURG. Possui experiência nas áreas da Educação, Alfabetização, Educação Infantil, Linguística, e Formação Docente. Atualmente realiza Pós-doutorado na Universidade Federal do Rio Grande - FURG, na Faculdade de Educação, na linha de pesquisa formação de professores e práticas educativas.

Gabriela Medeiros Nogueira, FURG

Professora Associada no Instituto de Educação da Universidade Federal do Rio Grande ? FURG. Atuou coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação, gestão 2014 - 2015 e como coordenadora adjunta na gestão 2017 - 2018. É Editora Chefe da Revista Momento- Diálogos em Educação vinculada ao PPGED/FURG e Membro do Corpo Editorial da Revista Brasileira de Alfabetização- ABALF. Iniciou sua carreira como professora da Educação Básica em 1989, atuando na Educação Infantil, nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, na Formação de Professores em Nível Médio. Em 2004 ingressou como docente no Ensino Superior e na Pós-graduação. É graduada em Pedagogia das Séries Iniciais do Primeiro Grau pela Universidade Federal de Pelotas (UFPEL-1997); Especialista em Educação Matemática pela Universidade Católica de Pelotas (UCPEL-1998); Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS-2001) e Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL-2011). Realizou pós-doutorado nos Estados Unidos, na University of Illinois at Urbana-Champaign de janeiro a dezembro de 2016, com auxílio financeiro da CAPES, sob a supervisão da professora Arlette Ingram Willis e na University of Canterbury - Nova Zelândia de janeiro a dezembro de 2019, sob a supervisão do professor Peter Roberts.É líder do Grupo de Estudo e Pesquisa em Alfabetização e Letramento ? GEALI, cadastrado no diretório acadêmico do CNPq, e é integrante do Núcleo de Estudo e Pesquisa em Educação de zero a seis anos - NEPE/IE/FURG e do Grupo de Pesquisa História da Alfabetização, Leitura e Escrita e dos livros escolares- Hisales/FaE/UFPEL. Na pós-graduação está vinculada à linha de pesquisa Formação de professores e práticas educativas. Desenvolve ações de pesquisa e extensão no campo da alfabetização e letramento, cultura lúdica, infâncias e políticas públicas educacionais. Atualmente investiga ações de incentivo à leitura na escola e em outros espaços, considerando a realidade de cinco países.

Downloads

Publicado

2022-04-29

Como Citar

Ferreira, C. R. G. ., & Nogueira, G. M. . (2022). Os desafios do ensino remoto para alfabetizadoras em início de carreira . Horizontes, 40(1), e022006. https://doi.org/10.24933/horizontes.v40i1.1190