Competências Socioemocionais e o Currículo para o Século XXI

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v40i1.1217

Resumo

O presente artigo é fruto do projeto de pesquisa de uma tese de doutorado e tem como objetivo conhecer os estudos do desenvolvimento das competências socioemocionais na escola, a fim de buscar um currículo que atenda às necessidades do século XXI. O texto apresenta conceitos e pesquisas referentes a estas competências, assim como as expectativas de um currículo que atenda às necessidades deste novo século. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica e documental que confronta dados e registros de instituições, como a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico e o Instituto Ayrton Senna. Por meio do levantamento de dados é possível afirmar a importância do desenvolvimento das competências socioemocionais na escola, a fim de formar um aluno em sua integralidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lívia Maria Rassi Cerce, Universidade Católica de Brasília

Idealizadora e Diretora do Colégio Ágora. Vinte e dois anos de experiência na educação básica, treze deles na Gestão Educacional. Seis anos de experiência no Ensino Superior. Presidente do Conselho Municipal de Cristalina/GO. Doutoranda em Educação pela Universidade Católica de Brasília - Bolsista Capes. Mestre em Educação pela Universidade Católica de Brasília. Pós Graduada em Psicopedagogia pela Universidade Claretiana de Batatais/SP. Graduada em Pedagogia pela Universidade Paulista/SP. Autora do livro "A Relação Afetiva nos Processos de Ensino e Aprendizagem entre Professores e Alunos das Classes de Alfabetização" e de outros artigos científicos na área da Educação. Pesquisadora do CNPQ do Projeto de Pesquisa Políticas Federais de Educação.

Referências

ABED, A. L. Z. O desenvolvimento das habilidades socioemocionais como caminho para a aprendizagem e o sucesso escolar de alunos da educação básica. São Paulo, 2014. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=15891-habilidades-socioemocionais-produto-1-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 16 out. 2020.

AUSUBEL, D. P. Aquisição e retenção de conhecimentos: uma perspectiva cognitiva. Lisboa: Plátano Edições Técnicas, 2003.

BAUMAN, Z. Modernidade líquida. Trad. Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Zahar, 2001.

BAUMAN, Z. 44 cartas do mundo líquido moderno. Trad. Vera Pereira. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil, 1988. Diário Oficial da União, Seção 1, 5 out. 1988, p.1. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/consti/1988/constituicao-1988-5-outubro-1988-322142-norma-pl.html. Acesso em: 20 abr. 2019.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais – INEP. Mapa do analfabetismo no Brasil, 2003. Disponível em: http://inep.gov.br/artigo/-/asset_publisher/B4AQV9zFY7Bv/content/estudo-detalha-situacao-do-analfabetismo-no-pais/21206. Acesso em: 9 maio 2021.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Ministério da Educação: Brasília, 2017.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais - INEP. Índice de desenvolvimento da educação básica – IDEB, 2020. Disponível em: https://www.gov.br/inep/pt-br. Acesso em: 1 jun. 2020.

CELETI, F. R. Origem da educação obrigatória: um olhar sobre a Prússia. Revista Saber Acadêmico, p.29-32, jun. 2012. Disponível em: http://uniesp.edu.br/sites/_biblioteca/revistas/20180403115007.pdf. Acesso em: 10 maio 2021.

DELORS, J. Educação: um tesouro a descobrir: relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. São Paulo: Cortez, 1998.

DIESEL, A.; BALDEZ, A. L. S.; MARTINS, S. N. Os princípios das metodologias ativas de ensino: uma abordagem teórica. Revista Thema, v.14, n.1, p.268-288, 2017. Disponível em: http://revistathema.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/404. Acesso em: 20 jun. 2020.

DOURADO, L. F.; OLIVEIRA, J. F. A qualidade da educação: perspectivas e desafios. Cadernos Cedes, Campinas, v.29, n.78, p.201-205, maio-ago. 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ccedes/v29n78/v29n78a04.pdf. Acesso em: 25 jul. 2019.

FADEL, C.; BIALIK, M.; TRILLING, B. Educação em quatro dimensões: as competências que os estudantes precisam ter para atingir o sucesso. Trad. Instituto Península e Instituto Ayrton Senna. São Paulo: Ed. Join Bureau, 2015.

FONSECA, V. Importância das emoções na aprendizagem: uma abordagem neuropsicopedagógica. Revista Psicopedagogia, p.365-384, 2016. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84862016000300014. Acesso em: 10 maio 2020.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. 32. reimp. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2009.

GARDNER, H. Inteligências múltiplas: a teoria na prática. Trad. Maria Adriana V. Veronese. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.

GATTI, B. A. Pesquisa, educação e pós-modernidade: confronto e dilemas. Belo Horizonte: Autêntica, 2011. (Coleção Perfis da Educação).

INSTITUTO AYRTON SENNA - IAS. Competências socioemocionais em políticas públicas. Disponível em: www.educacaosec21.org.br. Acesso em: 5 maio 2020a.

INSTITUTO AYRTON SENNA - IAS. As competências socioemocionais no cotidiano das escolas. Disponível em: www.institutoayrtonsenna.org.br. Acesso em: 5 maio 2020b.

MARIN, A. H.; SILVA, C. T.; ANDRADE, E. I. D.; BERNARDES, J.; FAVA, D. C. Competências socioemocionais: conceitos e instrumentos associados. Revista Brasileira de Terapias Cognitivas, p.92-103, 2017. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872017000200004&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 28 ago. 2020.

MORIN, E. Os sete saberes para a educação do futuro. Trad. Ana Paula de Viveros. Porto Alegre: Horizontes Pedagógicos, 2002.

NÓVOA, A. Pedagogia: a terceira margem do rio: conferência: que currículo é esse? Conselho Nacional de Educação e Ciências: Lisboa, abr. 2011. Disponível em: http://alb.org.br/conferencia-na-feusp-pedagogia-terceira/. Acesso em: 20 set. 2020.

ORGANIZAÇÃO PARA COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO - OCDE. Competências para o progresso social: o poder das competências socioemocionais. São Paulo: Fundação Santillana, 2015. Disponível em: https://www.moderna.com.br/lumis/portal/file/fileDownload.jsp?fileId=8A808A82511476410151158EF501439E. Acesso em: 10 maio 2020.

OLIVEIRA, M. K. O problema da afetividade em Vygotsky. In: DE LA TAILLE, Y.; OLIVEIRA, M. K.; DANTAS, H. (org.). Teorias psicogenéticas em discussão. São Paulo: Summus, 1992, p.75-84.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS - ONU. Agenda 2030: objetivos de desenvolvimento sustentável. 2015. Disponível em: https://odsbrasil.gov.br. Acesso em: 15 fev. 2021.

PERRENOUD, P. 10 novas competências para ensinar. Trad. Patrícia Chittoni. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

PERRENOUD, P.; THULER, M. G.; MACEDO, L.; MACHADO, N. J.; ALESSANDRINI, C. D. As competências para ensinar no século XXI: a formação dos professores e o desafio da avaliação. Trad. Cláudia Schilling e Fátima Murad. Porto Alegre: Artmed Editora, 2002.

ROEGIERS, X.; KETELE, J.-M. Uma pedagogia da integração: competências e aquisições no ensino. Trad. Carolina Huang. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2004.

SANTOS, D.; PRIMI, R. Desenvolvimento socioemocional e aprendizado escolar: uma proposta de mensuração para apoiar políticas públicas. Instituto Ayrton Senna: São Paulo, 2014. [Educação para o Século XXI]. Disponível em: http://educacaosec21.org.br/wpcontent/uploads/2013/07/RioReportAv13.pdf. Acesso em: 25 jul. 2020.

SOÉTARD, M. Jean-Jacques Rousseau. Trad. Verone L. R. Doliveira. Recife: Fundação Joaquim Nabuco: Editora Massangana, 2010.

TOUGH, P. Como as crianças aprendem: o papel da garra, da curiosidade e da personalidade no desenvolvimento infantil. Trad. Clóvis Marques. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2017.

VYGOTSKY, L. S. Pensamento e linguagem. Trad. Jefferson Luiz Camargo. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

WEINBERG, M. James Heckman e a importância da educação infantil. Revista Veja, Páginas Amarelas, 22 set. 2017, [n. p.]. Disponível em: https://veja.abril.com.br/revista-veja/james-heckman-nobel-desafios-primeira-infancia/amp/. Acesso em: 9 out. 2020.

YOUNG, M. F. D. Para que servem as escolas? Educação e Sociedade, Campinas, v.28, n.101, p.1287-1302, set./dez. 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/es/v28n101/a0228101.pdf. Acesso em: 10 out. 2020.

ZABALA, A. A prática educativa: como ensinar. Trad. Ernani F. da F. Rosa. Porto Alegre: Artmed, 1998.

Downloads

Publicado

2022-07-13

Como Citar

Cerce, L. M. R. ., & Brito, R. de O. (2022). Competências Socioemocionais e o Currículo para o Século XXI. Horizontes, 40(1), e022013. https://doi.org/10.24933/horizontes.v40i1.1217