Postulações provocativas sobre a aprendizagem da avaliação escolar como processo formativo

Autores

  • Arnaldo Nogaro URI

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v33i1.137

Palavras-chave:

Avaliação, Aprendizagem, Prática pedagógica.

Resumo

O artigo em pauta resulta de revisão de literatura, reflexões sobre a prática vivida e algumas postulações que definimos como provocativas para um desempenho docente mais qualificado no que diz respeito à realização da avaliação da aprendizagem como processo formativo e à promoção da aprendizagem do estudante. O objetivo deste texto é tematizar ideias a respeito da avaliação da aprendizagem com a finalidade de subsidiar educadores, gestores e estudantes para que atinjam uma maior compreensão de seu real significado e importância no desenvolvimento de práticas pedagógicas cujo intuito seja melhorar as aprendizagens. Este possui pretensões bem definidas: epistemológicas e didáticas, ou seja, almeja alimentar e discutir alguns pressupostos teóricos que embasam e orientam os processos de realização da avaliação e, também, servir para calibrar olhares e posturas adotadas no seu trato.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arnaldo Nogaro, URI

Licenciado em Filosofia. Mestre em Filosofia. Doutor em Educação.

Downloads

Publicado

2015-08-09

Como Citar

Nogaro, A. (2015). Postulações provocativas sobre a aprendizagem da avaliação escolar como processo formativo. Horizontes, 33(1). https://doi.org/10.24933/horizontes.v33i1.137