Tensões nos discursos de professores e as ações da prática pedagógica em modelagem matemática

Autores

  • Andreia Maria Pereira de Oliveira Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) Feira de Santana-BA.
  • Jonei Cerqueira Barbosa Universidade Federal da Bahia (UFBA) Salvador-BA.

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v31i1.15

Resumo

Neste artigo, apresentamos um estudo que analisou as ações requeridas na implementação da modelagem matemática na prática pedagógica que produzem tensões nos discursos de professores. Para tratar o propósito do estudo, utilizamos a categoria teórica tensões nos discursos inspirada em conceitos da teoria dos códigos de Basil Bernstein. Os dados referentes à pesquisa qualitativa foram coletados por meio de observações, entrevistas e documentos. Os resultados apontam as seguintes ações da prática pedagógica em modelagem matemática
quando tensões foram manifestadas nos discursos dos professores: planejar o sequenciamento da aula; engajar os estudantes; discutir e intervir diante das respostas dos estudantes e decidir como abordar o conteúdo matemático.
Palavras-chave: Modelagem matemática; Tensões nos discursos; Professores; Práticas pedagógicas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-06-30

Como Citar

Oliveira, A. M. P. de, & Barbosa, J. C. (2012). Tensões nos discursos de professores e as ações da prática pedagógica em modelagem matemática. Horizontes, 31(1). https://doi.org/10.24933/horizontes.v31i1.15