Práticas culturais educativas na constituição do cenário musical no Brasil: as partituras em revistas

Autores

  • Mônica Yumi Jinzenji Faculdade de Educação – UFMG
  • Eliane Marta S. Teixeira Lopes Faculdade de Educação, UFMG
  • Paulo Henrique P. C. R. Alves

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v32i2.166

Palavras-chave:

práticas educativas, história da educação, revistas literárias, história da música

Resumo

Resumo
O objetivo deste artigo é analisar a publicação e circulação de partituras em A Revista da Semana como prática educativa que constitui o cenário musical brasileiro no início do século XX. Para isso, propomos o aprofundamento da noção de educação e adotamos o conceito de práticas culturais educativas, nos referindo ao papel educativo dos impressos periódicos. Utilizamos como fontes principais 40 partituras que circularam no interior da Revista da Semana e que faziam parte da coleção de um pianista amador de Minas Gerais. Cotejando
essas partituras, os estilos musicais contemplados e o contexto político e cultural do Rio de Janeiro, foi possível verificar a forte influência europeia e também norteamericana no desenvolvimento do repertório musical
brasileiro naquele período. O consumo das músicas em revistas promoveu e fortaleceu hábitos, tais como bailes, saraus, transposições de peças escritas para piano para instrumentos de sopro e corda por músicos amadores e
não leitores de partituras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mônica Yumi Jinzenji, Faculdade de Educação – UFMG

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1999), mestrado (2002) e doutorado (2008) em Educação pela mesma universidade, é Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação, Faculdade de Educação – UFMG, Belo Horizonte.

Eliane Marta S. Teixeira Lopes, Faculdade de Educação, UFMG

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1969), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (1980) e doutorado em Filosofia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1984). É professora Emérita Faculdade de Educação, UFMG.

Paulo Henrique P. C. R. Alves

Possui graduação em Música (Licenciatura) pela Universidade Federal de Ouro Preto (2007) e Mestrado em Educação pela Universidade Vale do Rio Verde de Três Corações - UNINCOR (2011). Atualmente é professor efetivo de Música do Centro Pedagógico da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG.

Downloads

Publicado

2014-12-30

Como Citar

Jinzenji, M. Y., Lopes, E. M. S. T., & Alves, P. H. P. C. R. (2014). Práticas culturais educativas na constituição do cenário musical no Brasil: as partituras em revistas. Horizontes, 32(2). https://doi.org/10.24933/horizontes.v32i2.166