Contribuições da teoria histórico-cultural à pesquisa em educação matemática: a Atividade Orientadora de Pesquisa

Autores

  • Elaine Sampaio Araújo Universidade de São Paulo- Ribeirão Preto

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v31i1.21

Resumo

Neste trabalho buscamos demonstrar como os fundamentos da teoria histórico-cultural, em conteúdo e forma, podem orientar a pesquisa em educação matemática no âmbito da formação docente. No caso da investigação realizada o objetivo residiu em perceber a aprendizagem docente no contexto de Atividades Orientadoras de Ensino (AOE) de matemática.  Para tanto, desenvolvemos a Atividade Orientadora de Pesquisa (AOP) que, à semelhança da AOE, contém a síntese de um projeto educativo; tem uma necessidade coletiva; tem de ser dos sujeitos; tem um plano de ação coordenado; coincide motivo com objeto. Organizamos Atividades Orientadoras de Pesquisa que pudessem, por um lado, promover aprendizagem e desenvolvimento docente e, por outro, permitir ao pesquisador compreender o processo de formação do pensamento teórico do professor. A AOP se constituiu, assim, como unidade formativa da pesquisa e da aprendizagem docente, atuando como mediação entre o pesquisador (objetivos de investigação) e o professor (objetivos formativos).

Palavras-chave: Formação docente; Teoria histórico-cultural; Educação matemática na infância.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-06-30

Como Citar

Araújo, E. S. (2013). Contribuições da teoria histórico-cultural à pesquisa em educação matemática: a Atividade Orientadora de Pesquisa. Horizontes, 31(1). https://doi.org/10.24933/horizontes.v31i1.21