Diretores e gestão democrática: participação da comunidade na escola

Autores

  • Paulo Sergio Garcia Universidade Municipal de São Caetano do Sul
  • Valdirene Rodrigues Costa Universidade Municipal de São Caetano do Sul
  • Marcos Vinicius Zanutto Universidade Municipal de São Caetano do Sul

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v36i1.386

Resumo

A gestão democrática sinaliza a participação da comunidade na gestão escolar. No entanto, para garantir e intensificar tal participação é importante que o diretor conheça sua comunidade, incluindo o entorno escolar e, neste processo, sua formação é fundamental. Este estudo analisou como diretores estão sendo preparados, na formação inicial e continuada, para lidar com a participação da comunidade na escola, e como eles têm atuado neste cenário. Os dados foram coletados por meio de um estudo de caso, utilizando análise documental e entrevistas. E revelaram que os atuais modelos de formação são, essencialmente, teóricos e têm oferecido pouco espaço para os diretores desenvolverem habilidades para garantir e intensificar a participação da comunidade na escola. Paralelamente, os diretores em serviço apresentaram pouca compreensão sobre as questões da gestão democrática e atuavam baseados em suas experiências cotidianas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Sergio Garcia, Universidade Municipal de São Caetano do Sul

Professor do programa de mestrado em educação da Universidade Municipal de São Caetano do Sul. Coordenador do Observatório de Educação do Grande ABC.

Valdirene Rodrigues Costa, Universidade Municipal de São Caetano do Sul

Mestranda em educação na Universidade Municipal de São Caetano do Sul. Pesquisadora do Observatório da Educação do Grande ABC.

Marcos Vinicius Zanutto, Universidade Municipal de São Caetano do Sul

Mestrando em educação na Universidade Municipal de São Caetano do Sul. Pesquisadora do Observatório da Educação do Grande ABC.

Downloads

Publicado

2018-04-30

Como Citar

Garcia, P. S., Costa, V. R., & Zanutto, M. V. (2018). Diretores e gestão democrática: participação da comunidade na escola. Horizontes, 36(1), 184–196. https://doi.org/10.24933/horizontes.v36i1.386