Entre a linguística e a literatura: percursos interdisciplinares

Autores

  • Maurício Silva Universidade Nove de Julho (São Paulo)

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v33i2.43

Palavras-chave:

Linguística, literatura, ensino, interdisciplinaridade

Resumo

Resumo
O presente artigo trata da interdisciplinaridade entre a linguística e a literatura em dois níveis distintos de
interação: um nível que parte da linguística para se chegar à literatura e que, dada sua natureza, situa-se num âmbito geral da educação; e um nível que parte da literatura para se chegar à linguística, em que trataremos de questões relacionadas à pesquisa imanente do texto literário, dentro de uma perspectiva da Análise do Discurso.
Palavras-chave: Linguística; literatura; ensino, interdisciplinaridade.

Between linguistics and literature: interdisciplinary courses

Abstract
This article deals with the interdisciplinarity between linguistics and literature in two distinct levels of
interaction: a level that part of linguistics to arrive at the literature and that, given their nature, situated in a framework of general education; and a level of the literature to arrive at language, in which we will address issues related to the immanent study of literary texts, within a perspective of discourse analysis.
Keywords: Linguistics, literature, teaching, interdisciplinarity.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maurício Silva, Universidade Nove de Julho (São Paulo)

Doutorado em Letras Clássicas pela Universidade de São Paulo. Professor do Programa de Mestrado e Doutorado em Educação na Universidade Nove de Julho, em São Paulo (CAPES 5).

Referências

ALMEIDA, Anita Correia Lima de. “Aulas régias no império colonial português: o global e o local”. In: LIMA, Ivana Stolze & CARMO, Laura do. História Social da Língua Nacional. Rio de Janeiro, Casa de Rui Barbosa, 2008, p. 65-90.

BAKHTIN, Mikhail/MEDVEDEV, P. The Formal Method in Literay Scholarship. A Critical Introduction to Sociological Poetics. London, Johns Hopkins, 1978

BAKHTIN, Mikhail. Marxismo e Filosofia da Linguagem. Problemas Fundamentais do Método Sociológico na Ciência da Linguagem. São Paulo, Hucitec, 1988.

_______________. Questões de Literatura e de Estética. A Teoria do Romance. São Paulo, Hucitec, 1990.

BARTHES, Roland et alii. Poétique du Récit. Paris, Seuil, 1977.

BARTHES et alii. Estructuralismo y Literatura. Ediciones Nueva Visión, Buenos Aires, 1970.

BECHARA, Evanildo. Ensino da Gramática. Liberdade? Opressão? São Paulo, Ática, 2000.

BRANDÃO, Helena H. Nagamine. Introdução à Análise do Discurso. Campinas, Unicamp, 1997.

COSSON, Rildo. Letramento Literário. São Paulo, Contexto, 2006.

EAGLETON, Terry. Teoria Literária. Uma Introdução. São Paulo, Martins Fontes, s.d.

FLORES, Valdir do Nascimento e TEIXEIRA, Marlene. Introdução à Lingüística da Enunciação. São Paulo, Contexto, 2006.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia. Saberes Necessários à Prática Educativa. São Paulo, Paz e Terra, 2009.

GADET, Françoise & HAK, Tony (orgs.). Por uma Análise Automática do Discurso. Uma Introdução à Obra de Michel Pêcheux. Campinas, Unicamp, 1993.

ISER, Wolfgang. L'Acte de Lecture. Théorie de l'Effet Esthétique. Sprimont, Mardaga, 1997.

LODGE, David. After Bakhtin. Essays on Fiction and Criticsm. London/New York, Routledge, 1990.

LODGE, David (ed.). Modern Criticism and Theory. A Reader. London/New York, Longman, 1988.

MACHADO, Irene. O Filme que Saussure não viu. O Pensamento Semiótico de Roman Jakobson. São Paulo, Horizonte, 2007.

MAINGUENEAU, Dominique. O Contexto da Obra Literária. Enunciação, Escritor, Sociedade. São Paulo, Martins Fontes, 1995.

MAINGUENEAU, Dominique. Novas Tendências em Análise do Discurso. Campinas, Pontes, Unicamp, 1997.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. “A gramática e o ensino de língua no contexto da investigação lingüística”. In: BASTOS, Neusa Barbosa (org.). Discutindo a Prática Docente em Língua Portuguesa. São Paulo, IP-PUC, 2000, p. 83-94.

MATTOS E SILVA, Rosa Virgínia. “O Português são Dois”... Novas Fronteiras, Velhos Problemas. São Paulo, Parábola, 2004.

MCLAREN, Peter. Multicuralismo Revolucionário. Pedagogia do Dissenso para o Novo Milênio. Porto Alegre, Artmed, 2000.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO / SECRETARIA DE EDUCAÇAO FUNDAMENTAL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Língua Portuguesa. Rio de Janeiro, DP&A, 2000.

MOURA NEVES, Maria Helena de. Gramática na Escola. São Paulo, Contexto, 1994.

ORLANDI, Eni Puccinelli (org.). Gestos de Leitura. Da História no Discurso. Campinas, Unicamp, 1994.

PETTER, Margarida. “Linguagem, Língua, Lingüística”. In: FIORIN, J. Luiz (org.). Introdução à Lingüística. São Paulo, Contexto, 2002, p. 11-24.

PILETTI, Nelson. “Evolução do Currículo do Curso Secundário no Brasil”. Revista da Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, Vol. 13, No. 02: 27-72, jul.-dez. 1987.

POSSENTI, Sírio. Por Que Não Ensinar Gramática na Escola. Campinas, Mercado de Letras, 1996.

SILVA, Maurício. “Entre o uso e a norma: uma introdução à gramaticografia da língua portuguesa no Brasil da passagem do século”. In: SIMÕES, Darcilia & MENESES, Eliana de Melo (orgs.). Linguagens, criatividade e sentidos: pelos percursos da semiótica do cotidiano. Rio de Janeiro, Dialogarts/UERJ, 2010, p. 204-218.

SOARES, Magda. Linguagem e Escola. Uma Perspectiva Social. São Paulo, Ática, 2001.

______________. Letramento um Tema em Três Gêneros. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

TATIT, Luiz. “A abordagem do texto”. In: FIORIN, J. Luiz (org.). Introdução à Lingüística. São Paulo, Contexto, 2002, p. 186-209.

TODOROV, Tzvetan. Mikhaïl Bakhtine. Le Principe Dialogique. Paris, Seuil, 1981.

TODOROV, Tzvetan (org.). Théorie de la Littérature. Textes des Formalistes Russes. Paris, Seuil, 1965

ZILBERMAN, Regina (org.). Leitura em Crise na Escola: As Alternativas do Professor. Porto Alegre, Mercado Aberto, 1988.

ZILBERMAN, Regina e SILVA, Ezequiel Theodoro da. Literatura e Pedagogia. Ponto & Contraponto. São Paulo/Campinas, Global/ALB, 2008.

YOUNG, Robert (ed., int.). Untying the Text: A Pos-Structuralist Reader. London/New York, Routledge, 1987.

Downloads

Publicado

2015-12-20

Como Citar

Silva, M. (2015). Entre a linguística e a literatura: percursos interdisciplinares. Horizontes, 33(2). https://doi.org/10.24933/horizontes.v33i2.43