A instrução ao sósia no contexto da pesquisa: diferentes modos de apropriação do instrumento

Autores

  • Ana Paula de Castro Almeida Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG http://orcid.org/0000-0001-9195-996X
  • Maria Elisabeth Antunes Lima Centro Universitário Novos Horizontes

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v35i3.521

Resumo

A proposta metodológica da clínica da atividade consiste na utilização de métodos indiretos que permitam ao trabalhador transformar uma experiência vivida em objeto de uma nova experiência. Todavia, especialmente na literatura brasileira, percebe-se certa lacuna em como a instrução ao sósia, um de seus métodos, pode ser empregada. O presente artigo pretende refletir sobre essa questão, a partir dos resultados de uma pesquisa de mestrado, por meio da qual foi possível evidenciar o caminho promissor da clínica da atividade e da instrução ao sósia na ampliação do poder de ação dos trabalhadores e na restauração dos coletivos de trabalho. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula de Castro Almeida, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Psicologia

Maria Elisabeth Antunes Lima, Centro Universitário Novos Horizontes

Psicologia

Downloads

Publicado

2017-12-29

Como Citar

Almeida, A. P. de C., & Lima, M. E. A. (2017). A instrução ao sósia no contexto da pesquisa: diferentes modos de apropriação do instrumento. Horizontes, 35(3), 58–70. https://doi.org/10.24933/horizontes.v35i3.521