Século XXI – Da educação das certezas à educação na incerteza: um estudo introdutório

Vanderlei Smaniotto, Ireno Antônio Berticelli

Resumo


Este artigo tem como objetivo elucidar a compreensão filosófica da educação sob as condições do que Zygmunt Bauman denomina modernidade líquida. Aproximamos ciência e educação modernas que, historicamente, se fundaram nas certezas, com suas propostas de ideais duradouros e sólidos pretensamente garantidos por modelos físico-matemáticos. É um olhar sobre a ciência e sobre a educação, numa conjuntura de fluidez e incertezas, para analisar as relações, no horizonte da crise e das incertezas que atinge a ambas na contemporaneidade. Esperamos é situar os processos educacionais no contexto de compreensão do que se denomina correntemente de pós-modernidade ou modernidade líquida.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24933/horizontes.v36i2.529

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Horizontes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Universidade São Francisco
CNSP-ASF | Casa de Nossa Senhora da Paz - Ação Social Franciscana

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia