As crianças e suas brincadeiras em três nichos de formação: escola, mídia e instituições de acolhimento

Autores

  • Cleomar Ferreira Gomes UFMT
  • Raquel Firmino Magalhães Barbosa Universidade Federal do Espírito Santo
  • Sonia Cristina Oliveira Universidade de Cuiabá

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v37i0.572

Resumo

A proposta desse texto une três pesquisadores que propõem, a partir de suas pesquisas com crianças escolarizadas, uma reflexão sobre as implicações da rubrica lúdica nos espaços institucionais, não importando o grau, a série de estudo ou o tipo de formação, quando se percebe que o comportamento lúdico atravessa todos os estágios de hominização. Assim esses textos supõem conjugar uma empiria acadêmica, se orientando pelas lentes da corporeidade e da ludicidade, as quais costumam frequentar o espaço natural e cultural da formação escolar, seja pela via escolar, seja pela comunicação internetizada das mídias, seja pelas grades das instituições protetivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cleomar Ferreira Gomes, UFMT

Professor-pesquisador da Faculdade de Educação Física e do Programa de pós-graduação em educação da Universidade Federal de Mato Grosso.

Raquel Firmino Magalhães Barbosa, Universidade Federal do Espírito Santo

Graduação em Licenciatura Plena em Educação Física e Desportos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2007). Especialização em Educação Física Escolar pela Universidade Federal de Lavras (2010), Mestrado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (2011). Aluna de Doutorado em Educação Física pela Universidade Federal do Espírito Santo (2014 - Atual). Membro do grupo de pesquisa do Instituto de Pesquisas em Educação e em Educação Física - PROTEORIA/UFES (2014 - Atual). Estágio Científico Avançado na Universidade do Minho, em Portugal (2017). Professora de Educação Física no Colégio Pedro II (2017 - Atual). Tem experiência profissional e de pesquisa científica na área de Educação Física, com ênfase em Educação Escolar Infantil, atuando principalmente nos seguintes temas: brincadeiras, infância, ludicidade, desenho animado e agressividade. E também com experiência no Ensino Superior nas áreas de jogos e brincadeiras, natação, atletismo, formação de professor, aptidão física, atividades de academia, atividades circenses, artes marciais e personal trainer. É faixa preta em Kickboxing e Thaiboxing pela Confederação Brasileira de Kickboxing/CBKB/WAKO (2010).

Sonia Cristina Oliveira, Universidade de Cuiabá

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Católica Dom Bosco (1992), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (2006) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (2014). Atualmente é horista da Universidade de Cuiabá e psicológa do Governo do Estado do Mato Grosso. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação e formação, educação, jogos, brinquedos, brincadeiras e ludicidade, ensino,e aprendizagem matemática e professores e ludicidade, lazer, corporeidade.

Downloads

Publicado

2019-12-28

Como Citar

Gomes, C. F., Barbosa, R. F. M., & Oliveira, S. C. (2019). As crianças e suas brincadeiras em três nichos de formação: escola, mídia e instituições de acolhimento. Horizontes, 37, e019052. https://doi.org/10.24933/horizontes.v37i0.572