As práticas curriculares em Matemática que se produzem pelo governo do IDEB

Autores

  • Samuel Edmundo Lopez Bello Universidade Federal do Rio Grande do Sul

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v30i2.58

Palavras-chave:

Práticas curriculares, avaliação e desempenho em matemática, Educação Básica, Governo dos números

Resumo

Este texto analisa por que e de que maneira se mobilizam determinadas práticas curriculares no espaço escolar. Trata-se de mostrar como e por que se dá o Governo da instituição escolar pelos números do IDEB;
quais estratégias se utilizam para a produção/mobilização dessas ações de governo. A partir do conceito de numeramentalização, de inspiração foucaultiana, é que se vê a operatividade do índice numa lógica sedutora da ciência como expressão de racionalidade e razão, a qual encontra no imperativo da contextualização do ensino a sua força impulsionadora. Sugere-se, por fim, uma postura ética na formação de professores que, de posse desta analítica, constitua uma singularidade das práticas curriculares como contraponto às ações de governo da política educacional.
Palavras-chave: Práticas curriculares – avaliação e desempenho em matemática – Educação Básica –
Governo dos números

Curricula Practices of Mathematics and the government of IDEB

Abstract
This text aims to analyze why and how certain practices are mobilized in the school curriculum. Our goal is to show how and why the government of the school by the numbers of IDEB, what strategies are those that are used for the production / mobilization of these government actions. From the concept of Foucauldian inspiration so-called “numeramentality”, we can realize the operativity of the index in a seductive logic of science as an expression of rationality and reason, which takes the context of teaching as imperative of their driving force. We suggest an ethical stance in teacher education which, from our analitical point of view, institutes a singularity of curriculum practices as a counterpoint to the actions of government of education
policy.
Keywords: Curricula Practices – Evaluation and Performance in mathematics – Schooling – Government by numbers

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Samuel Edmundo Lopez Bello, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Professor do Programa de Pós-graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre.

Downloads

Publicado

2012-07-01

Como Citar

Bello, S. E. L. (2012). As práticas curriculares em Matemática que se produzem pelo governo do IDEB. Horizontes, 30(2). https://doi.org/10.24933/horizontes.v30i2.58