Base Nacional Comum Curricular e currículo da Educação Física: qual o lugar da Diversidade cultural?

Autores

  • Marcio Antonio Raiol Santos Universidade Federal do Pará
  • Pedro Paulo Brandão Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v36i1.593

Resumo

Este artigo tem o objetivo de discutir a BNCC e como esta apresenta a perspectiva da Diversidade cultural a partir do currículo cultural da Educação Física. A partir da análise concluímos que: A BNCC trata a Diversidade cultural com superficialidade e torna-se contraditória ao se estruturar por habilidades e competências; em relação ao Currículo da Educação física, expressa o potencial de apenas alguns conteúdos nessa temática, quando é necessário que todos os conhecimentos sejam contextualizados para que os sujeitos de todos os grupos sejam contemplados com um currículo em uma perspectiva cultural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-04-30

Como Citar

Santos, M. A. R., & Brandão, P. P. (2018). Base Nacional Comum Curricular e currículo da Educação Física: qual o lugar da Diversidade cultural?. Horizontes, 36(1), 105–118. https://doi.org/10.24933/horizontes.v36i1.593