Base Nacional Comum Curricular e currículo da Educação Física: qual o lugar da Diversidade cultural?

Marcio Antonio Raiol Santos, Pedro Paulo Brandão

Resumo


Este artigo tem o objetivo de discutir a BNCC e como esta apresenta a perspectiva da Diversidade cultural a partir do currículo cultural da Educação Física. A partir da análise concluímos que: A BNCC trata a Diversidade cultural com superficialidade e torna-se contraditória ao se estruturar por habilidades e competências; em relação ao Currículo da Educação física, expressa o potencial de apenas alguns conteúdos nessa temática, quando é necessário que todos os conhecimentos sejam contextualizados para que os sujeitos de todos os grupos sejam contemplados com um currículo em uma perspectiva cultural.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24933/horizontes.v36i1.593

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Horizontes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Universidade São Francisco
CNSP-ASF | Casa de Nossa Senhora da Paz - Ação Social Franciscana

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia