Educação financeira: programa de educação financeira nas escolas à luz da governamentalidade

Autores

  • Luciana Aparecida Silva de Azeredo Fundação Universitária Vida Cristã (FUNVIC) Universidade São Francisco http://orcid.org/0000-0003-3709-2597
  • Guilherme Muniz Pereira Chaves Urias
  • Noelle Cristina Alves Cabral Fundação Universitária Vida Cristã (FUNVIC)

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v36i3.606

Resumo

Este trabalho objetiva analisar, à luz do conceito de governamentalidade foucaultiano, o livro Educação Financeira nas Escolas – Ensino Médio – Bloco 3. Fez-se uma pesquisa bibliográfica sobre consumo consciente, educação financeira,  governamentalidade e consciência financeira para fundamentar a análise das situações didáticas do livro. Como resultado, observou-se que há contradição no material Bloco 3 no que tange ao consumo consciente, o que também não condiz com os objetivos do programa, de incentivar a cultura do planejamento, prevenção, investimento e consumo consciente. A análise aponta para a presença de técnicas de governamentalidade neoliberais que incitam os sujeitos a consumir de forma “consciente”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Aparecida Silva de Azeredo, Fundação Universitária Vida Cristã (FUNVIC) Universidade São Francisco

Possui licenciatura em Letras Português/­Inglês e Mestrado em Linguística Aplicada. É especialista em "Metodologia do Ensino de Língua Portuguesa e Estrangeira" e, atualmente, é bolsista CAPES, regularmente matriculada no Doutorado em Educação da Universidade São Francisco (2015-2018). Foi pesquisadora visitante na University of Sheffield - Inglaterra - em janeiro e fevereiro de 2017. Está regularmente matriculada no curso de Pedagogia (2ª licenciatura). Tem experiência de 25 anos na área de ensino e aprendizagem de línguas estrangeiras e materna. Na Graduação e no Mestrado, realizou pesquisas sobre exames de proficiência em línguas estrangeiras. Desde 2013, realiza pesquisas sobre o cuidado de si foucaultiano e o Ensino Superior e suas especificidades. Já foi aluna especial de Pós-­graduação na UNICAMP, nas disciplinas "Avaliação e Ensino de Línguas" e "Filosofia e Teoria de Currículo da Educação Superior". É membro dos grupos de pesquisas: Subjetividades e identificações: efeitos de (d)enunciação na Universidade de Taubaté e Estudos foucaultianos e Educação (GPEFE), da Universidade São Francisco. É membro do corpo editorial da Revista Eletrônica de Ciências Humanas FUNVIC e da revista HIPÁTIA - Revista Brasileira de História, Educação e Matemática e avaliadora ad-hoc da revista RAEP - Administração: Ensino e Pesquisa. No momento, leciona nos cursos de graduação da Fundação Universitária Vida Cristã, onde faz parte do CEP (Comitê de Ética em Pesquisa); no curso especialização em Língua Inglesa da Universidade de Taubaté, onde também atua como coordenadora-adjunta e no progama Middle School Global Leaders da University of Missouri no Anglo Pindamonhangaba.

Guilherme Muniz Pereira Chaves Urias

Licenciado em Física, Mestre e  Doutor em Ensino de Ciências. Desenvolve pesquisas para a criação e aplicação de atividades pedagógicas nas aulas de Física do ensino superior, baseadas nas metodologias ativas de ensino, tais como Blended Learning, Problem Based Learning, Peer Instruction, entre outras.

Noelle Cristina Alves Cabral, Fundação Universitária Vida Cristã (FUNVIC)

Bacharel em Adminsitração de Empresas pela Fundação Universitária Vida Cristã.

Downloads

Publicado

2018-12-07

Como Citar

Azeredo, L. A. S. de, Urias, G. M. P. C., & Alves Cabral, N. C. (2018). Educação financeira: programa de educação financeira nas escolas à luz da governamentalidade. Horizontes, 36(3), 217–230. https://doi.org/10.24933/horizontes.v36i3.606