Relação família – escola e políticas públicas no Brasil e em Portugal: um estudo da regulamentação da participação parental na gestão escolar

Autores

  • Rosilane katia de Oliveira Universidade Federal de Ouro Preto
  • Marlice de Oliveira e Nogueira Universidade Federal de Ouro Preto
  • Regina Magna Bonifácio de Araújo Universidade Federal de Ouro Preto

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v37i0.639

Resumo

A partir de uma revisão da literatura, este trabalho discute as legislações portuguesa e brasileira objetivando compreender como os dois países tratam oficialmente o tema da relação entre família e escola, com foco central de análise, a legislação sobre a participação parental na gestão escolar. Os resultados evidenciam que, enquanto em Portugal houve um movimento associativo dos pais, no Brasil, mesmo que se observe uma regulamentação da participação parental na escolarização dos filhos, não se verifica a evidência de algum tipo de movimento associativo de pais e não há clareza sobre os modos como as famílias devem participar da vida escolar da prole.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosilane katia de Oliveira, Universidade Federal de Ouro Preto

Mestre em Educação pela Universidade Federal de Ouro Preto e graduada em Pedagogia pela mesma instituição.

Marlice de Oliveira e Nogueira, Universidade Federal de Ouro Preto

Profa. Adjunta do Departamento de Educação e do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal de Ouro Preto. Coordenadora do Núcleo de Estudos Sociedade, Família e Escola (NESFE).

Regina Magna Bonifácio de Araújo, Universidade Federal de Ouro Preto

Professora titular - Adjunto IV do Departamento de Educação da Universidade Federal de Ouro Preto, Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Ouro Preto.

Downloads

Publicado

2019-03-15

Como Citar

de Oliveira, R. katia, e Nogueira, M. de O., & de Araújo, R. M. B. (2019). Relação família – escola e políticas públicas no Brasil e em Portugal: um estudo da regulamentação da participação parental na gestão escolar. Horizontes, 37, e019008. https://doi.org/10.24933/horizontes.v37i0.639