O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – PNAIC e o contexto da produção de texto

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v37i0.644

Resumo

O artigo objetiva entender como se concretiza a política de formação continuada de professores nos textos políticos relacionados ao Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – PNAIC. Optou-se, como referencial teórico-metodológico a abordagem do ciclo de políticas de Stephen Ball e seus colaboradores: Bowe; Gold (1992). Contempla-se também Mainardes (2006), detendo-se neste texto, na análise do contexto da produção do texto. Esta pesquisa permitiu inferir à centralidade na formação continuada e no professor alfabetizador, no processo de alfabetização. Destarte, defende-se que, para garantir o sucesso da alfabetização, são primordiais outras ações em conjunto com a formação continuada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andréa de Paula Pires, Unicentro

Mestre em Educação pela Universidade Estadual do Centro-Oeste – UNICENTRO/PR. Integrante do grupo de Pesquisa: Estado, Políticas e Gestão em Educação – Dptº de Pedagogia – UNICENTRO.

Marisa Schneckenberg, Unicentro

Doutora em Educação pela Unicamp. Professora no curso de Pedagogia e PPGE - Unicentro. Coordenadora do grupo de pesquisa: Estado, Políticas e Gestão em Educação – Dptº de Pedagogia – UNICENTRO.

Downloads

Publicado

2019-06-25

Como Citar

Pires, A. de P., & Schneckenberg, M. (2019). O Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa – PNAIC e o contexto da produção de texto. Horizontes, 37, e019035. https://doi.org/10.24933/horizontes.v37i0.644