Alunos com deficiência intelectual: reflexões sobre o conceito de desenvolvimento das funções psíquicas superiores e o papel da educação escolar na perspectiva histórico-cultural da escola de Lev Vigotski

Autores

  • Anna Maria Lunardi Padilha Professora voluntária da Universidade Federal Fluminense. Departamento de Psiquiatria Infantil. Ex docente do Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Metodista de Piracicaba

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v36i3.681

Resumo

Reflete-se sobre o conceito de desenvolvimento humano para além das funções biológicas elementares, enfocando a necessidade de superação dos limites impostos por elas por meio da educação – seja no contexto das relações sociais seja no contexto específico da educação escolar, tomada como lócus privilegiado de desenvolvimento das funções psíquicas superiores. Da perspectiva histórico-cultural, entende-se desenvolvimento psíquico conforme a lei geral anunciada por Lev Vigotski, ou seja, a conversão das relações interpessoais no contexto de vida social, em funcionamento intrapsíquico de apropriação da cultura. A discussão aborda aspectos da teoria da escola de Vigotski acerca do desenvolvimento e da instrução.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anna Maria Lunardi Padilha, Professora voluntária da Universidade Federal Fluminense. Departamento de Psiquiatria Infantil. Ex docente do Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Metodista de Piracicaba

Mestre e Doutora em Educação pela Universidade estadual de Campinas - Unicamp.

Downloads

Publicado

2018-12-07

Como Citar

Padilha, A. M. L. (2018). Alunos com deficiência intelectual: reflexões sobre o conceito de desenvolvimento das funções psíquicas superiores e o papel da educação escolar na perspectiva histórico-cultural da escola de Lev Vigotski. Horizontes, 36(3), 62–73. https://doi.org/10.24933/horizontes.v36i3.681