Indagações e contradições sobre a ocupação do lugar de aluno com deficiência intelectual no cotidiano de uma escola de ensino fundamental pública de periferia

Autores

  • Flavia Faissal de Souza Faculdade de Educação da Baixada Fluminense (FEBF)/Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) http://orcid.org/0000-0003-0225-8358

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v36i3.703

Resumo

Inseridos no cotidiano de uma escola pública de ensino fundamental no decorrer de um ano letivo e apoiados pelos pressupostos teórico-metodológicos da perspectiva histórico-cultural, trazemos para análise os lugares ocupados por um aluno com deficiência intelectual. A análise dos lugares ocupados por esse aluno nos dá visibilidade analítica das contradições e paradoxos das políticas de educação inclusiva, ao apontar tanto para o movimento do aluno que se indaga sobre lugar histórico marcado pelos impedimentos das pessoas com deficiência, como pelo movimento de ocupar o seu papel de aluno, enquanto sujeito de direito, inserido nos processos de ensino e aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-12-07

Como Citar

Souza, F. F. de. (2018). Indagações e contradições sobre a ocupação do lugar de aluno com deficiência intelectual no cotidiano de uma escola de ensino fundamental pública de periferia. Horizontes, 36(3), 74–85. https://doi.org/10.24933/horizontes.v36i3.703