Local privilegiado para a formação de professores: arquitetura e espaços de um Instituto de Educação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24933/horizontes.v37i0.750

Resumo

Neste artigo, há resultados de um estudo sobre a arquitetura e os espaços do extinto Instituto de Educação “Fernando Costa”. Com o objetivo de compreender a organização desse IE, especificamente a configuração arquitetônica e os espaços desse prédio, entre 1953 e 1975,  período de funcionamento dessa instituição, foi utilizada pesquisa bibliográfica e documental com abordagem histórica tendo como fontes a planta dessa instituição e imagens do prédio do IE em questão. Para análise das fontes, considera-se o paradigma indiciário, visando localizar indícios que possibilitassem reconstituir aspectos da realidade buscada. Conclui-se que no prédio em que funcionou o IE “Fernando Costa” há o predomínio do retílineo, andares e escadas, além disso, esse prédio representa a grandiosidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline de Novaes Conceição, UNESP

Professora, Doutoranda em Educação, especialista em Educação Especial e Inclusiva (2018) com destaque científico. Mestra em Educação(2017/ bolsista do CNPq/Brasil) pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC), Câmpus de Marília/SP, com realização de Estágio de Docência na disciplina "História do Brasil II" da UNESP em questão.Psicopedagoga Institucional e Clínica pela Faculdade Iguaçu/ INDEP (2015). Pedagoga (2012/bolsista do CNPq/Brasil), pela UNESP, câmpus de Marília/SP, com recebimento do "Título de Mérito Acadêmico pelo excelente aproveitamento e destaque na conquista da maior média do Curso de Pedagogia." . Atuou de dezembro de 2011 a janeiro de 2013, como bolsista de Iniciação Científica (PIBIC/CNPq/UNESP), desenvolveu pesquisa relacionada com História da Educação. Em 2011, desenvolveu atividades como bolsista do programa de Iniciação à Docência (PIBID/UNESP/CAPES), no Subprojeto Alfabetização. Integrante desde 2018 do Grupo de Estudos e Pesquisa "HiDEA-Brasil- História das Disciplinas, Escolares e Acadêmicas no Brasil,liderado pela Drª Rosane Michelli de Castro. Integrante desde 2016, do grupo de pesquisa Diferença, desvio e estigma, coordenado pelo professor Dr. Sadao Omote. Integrante desde de 2015, do grupo GEPCIE, coordenado pelas professoras Drª Rosa Fatima de Souza e Drª Vera Teresa Valdemarin e desde 2013, é integrante do grupo GP FORME- Formação do Educador, liderado inicialmente pela Drª Rosane Michelli de Castro e atualmente pelo Dr. Vandeí Pinto da Silva. Membro da Sociedade Brasileira de História da Educação (SBHE) desde 2018 e autora de capítulos de livros, artigos, trabalhos completos, resumos expandidos e resumos publicados em eventos científicos nacionais e internacionais.

Macioniro Celeste Filho, Unesp

Possui Bacharelado em História pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo - FFLCH-USP (1989); Licenciatura em História pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo - FE-USP (1989); Mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP (2002) e Doutorado em Educação, ambos na área de especialização em História da Educação, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP (2006); Pós-doutorado no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (2017); Pós-doutorado na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP (2016-2017). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino Superior, atuando principalmente com os temas de História da Educação e Ensino de História. Atualmente é Professor Assistente Doutor no Departamento de Educação da Faculdade de Ciências da UNESP, campus de Bauru. É professor permanente do Programa de Pós-graduação em Docência para a Educação Básica, da Faculdade de Ciências da UNESP, campus de Bauru. É professor permanente do Programa de Pós-graduação em Educação, da Faculdade de Filosofia e Ciências da UNESP, campus de Marília, lecionando e pesquisando nestes dois programas nas áreas de História da Educação, Ensino de História e Teorias e Métodos das Ciências Humanas

Downloads

Publicado

2019-12-28

Como Citar

Conceição, A. de N., & Celeste Filho, M. (2019). Local privilegiado para a formação de professores: arquitetura e espaços de um Instituto de Educação. Horizontes, 37, e019049. https://doi.org/10.24933/horizontes.v37i0.750