Contribuições para pensar sobre a atividade criadora na Educação Infantil: reflexões a partir da obra de Vigotski

Simone Maria de Bastos Nascimento, Carla Luciane Blum Vestena

Resumo


O artigo, tendo como principal referencial teórico a obra de Lev Semionovich Vigotski, trata da atividade criadora na educação infantil. Objetivou compreender, à luz da teoria elaborada por Vigotski, a atividade criadora e as implicações dessa compreensão pelos professores atuantes na Educação Infantil, que é primeira etapa da Educação Básica. Então o estudo é da natureza bibliográfica e de reflexão teórica, pretendendo clarificar aos leitores pontos principais sobre essas relações na Educação Infantil, sob o pressuposto de que, nessa etapa educacional, a promoção de atividades pelos docentes deve ir além de um mero cumprimento de rotinas. Nesse contexto, pressupõe-se ainda que o referencial teórico em pauta contribui de forma significava para superar as práticas repetitivas de natureza higienista e assistencialista que têm marcado e ainda marcam as práticas docentes com crianças pequenas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24933/horizontes.v37i0.807

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Horizontes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Universidade São Francisco
CNSP-ASF | Casa de Nossa Senhora da Paz - Ação Social Franciscana

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia