O lugar da educação na obra de Gaston Bachelard

  • Luzia Batista de Oliveira Silva Universidade São Francisco

Resumo

Discute-se o lugar da educação na filosofia de Gaston Bachelard a partir da compreensão de que ela  diz muito sobre o ser humano, a vida e o mundo, sobre a formação dentro e fora dos muros das escolas,  sem negligenciar a razão e a imaginação criadora ou liberadora de tensões humanas. O lugar destinado tanto à filosofia quanto à educação é um lugar tangenciado e atravessado por embates e discórdias, mas é, também,  lugar de construção do conhecimento, de avanços epistêmicos, considerando ainda que existem conciliações e convergências, como a dos eixos da ciência e da poesia. A educação é lugar dos afetos, dos sentimentos – lugar de aisthésis e de ethos– de cuidados, segurança, direito de sonhar, de ser criança, de ter infância e de ser protegida e,  na fase de escolarização, ter direito de errar sem ser punido pelo erro no aprendizado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Luzia Batista de Oliveira Silva, Universidade São Francisco
Docente da Graduação e da Pós-graduaçaõ do PPG Stricto Sensu em Educação da Universidade São Francisco.
Publicado
2021-09-02
Como Citar
Silva, L. B. de O. (2021). O lugar da educação na obra de Gaston Bachelard. Horizontes, 39(1), e021043. https://doi.org/10.24933/horizontes.v39i1.1237
Seção
Seção Temática: “A presença de Gaston Bachelard no Brasil”