Processos formativos de professoras iniciantes na Educação Infantil

Valéria Menassa Zucolotto, Valdete Côco

Resumo


No reconhecimento da especificidade da primeira etapa da Educação Básica e na compreensão da importância do início da carreira, este artigo, associado à pesquisa “Primeiros anos da carreira docente: diálogos com professoras iniciantes na Educação Infantil”, tematiza os aprendizados da docência na relação com a formação inicial e continuada. Com princípios teórico-metodológicos bakhtinianos (BAKHTIN, 2003), em diálogo com o conceito de saberes docentes (TARDIF, 2012), a pesquisa se desenvolveu por meio de uma abordagem qualitativa do tipo exploratória, com procedimentos de entrevista com um grupo de seis professoras. Com os dados, exploramos a necessidade de acompanhamento e apoio institucional às professoras principiantes, as iniciativas em busca de processos formativos e as possibilidades de parcerias com os docentes mais experientes.


Palavras-chave


Educação Infantil; Trabalho Docente; Início de Carreira

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BRASIL. Lei de Diretrizes e bases da Educação Nacional. Lei Federal n.º 9.394, 1996. Disponível em . Acesso em 13 de fevereiro de 2013.

BRASIL. Resolução nº 5, de 17 de dezembro de 2009. Estabelece Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Brasília: MEC/CNE, 2009. Disponível em < http://portal.mec.gov.br/> Acesso em 13 de fevereiro de 2013

CASTRO, M. Ciclos profissionais. In: OLIVEIRA, D.A.; DUARTE, A.M.C.; VIEIRA, L.M.F. Dicionário: trabalho, profissão e condição docente. Belo Horizonte: UFMG/Faculdade de Educação, 2010. CDROM

GERALDI, J. W. Bakhtin tudo ou nada diz aos educadores: os educadores podem dizer muito com Bakhtin. In: FREITAS, M. T. A. (org.) Educação, arte e vida em Bakhtin. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013.

HUBERMAN, M. O ciclo de vida profissional dos professores. In: NÓVOA, Antônio (org.) Vida de professores. 2ª ed. Porto: Porto Editora, 2007, p. 31- 61.

KNOBLAUCH, A. Aprendendo a ser professora: um estudo sobre a socialização profissional de professoras iniciantes no município de Curitiba. Tese de doutorado. São Paulo: PUCSP, 2008

LEONE, N. M.; Necessidades formativas dos professores dos anos iniciais na sua inserção no exercício da docência. Dissertação de Mestrado. Presidente Prudente: UEP, 2011

MARCELO GARCIA, C. Formação de professores: para uma mudança educativa. Porto: Porto, 1999

MIGLIORAÇA, F. Programa de mentoria da UFSCar e desenvolvimento profissional de três professoras iniciantes. Tese de doutorado. São Carlos: UFSCar, 2010

MONTALVÃO, E. C. O desenvolvimento profissional de professoras iniciantes mediante um grupo colaborativo de trabalho. Tese se doutorado. São Carlos: UFSCar, 2008

NÓVOA, A. Os professores e as histórias da sua vida. In: NÓVOA, A. (Org.). Vidas de professores. 2.ed. Porto: Porto Editora, 2007. p.11-30

NUNES, M. F., CORSINO, P. E DIDONET, V. Educação Infantil no Brasil: primeira etapa da educação básica. – Brasília: UNESCO, Ministério da Educação/Secretaria de Educação Básica, Fundação Orsa, 2011

PIENTA, A. C. G. Aprendendo a ser professor: dificuldades e iniciativas na construção das práxis pedagógica do professor iniciante. Dissertação de Mestrado. Curitiba: PUCPR, 2007

PAPI, S. O. G.; Professoras Iniciantes bem-sucedidas: um estudo sobre seu desenvolvimento profissional. Tese de doutorado. Curitiba: PUCPR, 2011

SILVA, I. O. Professoras da Educação Infantil: formação, identidade e profissionalização. In: BRASIL/MEC/SED. Docência na Educação Infantil. Salto para o futuro. Ano XXIII - Boletim 10 – Jun, 2013. Disponível em:< http://www.tvbrasil.org.br> Acesso em 10 de dezembro de 2013

TABOSA, E. W. L.; Práticas de formação continuada no desenvolvimento profissional do (a) professor (a) em Início de Carreira. Dissertação de Mestrado. Recife: UFPE, 2009

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 13ª ed. Petrópolis – RJ: Vozes, 2012

ZUCOLOTTO, V. M. Trabalhadores docentes iniciantes no Espírito Santo: perspectivas da carreira. In: FERREIRA, E. B.; OLIVEIRA, D. A.; VIEIRA, L. F. (Org.). O trabalho docente na educação básica: o Espírito Santo em questão. 1ed.Belo Horizonte: Fino Traço, 2012, p. 199-218

ZUCOLOTTO, V. M.; CÔCO, V.; Início da carreira docente: possibilidades de inserção na Educação Infantil. In: Trabalhos completos do XII Encontro Estadual da ANPAE-SP e VIII Encontro Regional da ANPAE Sudeste. Campinas: Unicamp/FE, 2012. p. 771-784




DOI: https://doi.org/10.24933/horizontes.v33i1.133

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Horizontes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Universidade São Francisco
CNSP-ASF | Casa de Nossa Senhora da Paz - Ação Social Franciscana

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia