A narrativa como opção metodológica de pesquisa e formação de professores

Maria Goreti da Silva Sousa, Carmen Lúcia de Oliveira Cabral

Resumo


Resumo
O presente artigo é fruto das discussões gestadas na disciplina Pesquisa Narrativa em Educação do Doutorado em Educação do PPGED-UFPI, o principal objetivo é refletir sobre as contribuições da narrativa no contexto da pesquisa e da formação de professores. A narrativa de formação tem se constituído no cenário educacional como uma das opções metodológicas dentre os diversos métodos que já apresentam campo estabelecido. É, por sua natureza, carregada de significados e características próprias, permitindo-nos entender como seus componentes desencadeiam e proporcionam aos sujeitos a problematização, a revelação, a compreensão e o processo de reflexão sobre a prática docente através de diferentes técnicas e instrumentos. A construção de narrativas, sua leitura, análise, discussão, em contextos de formação inicial e contínua, consubstanciam-se em potencialidades no desenvolvimento pessoal e profissional dos professores, contribuindo para o processo de profissionalização docente.
Palavras-chave: Narrativa de formação; Formação de professores; Profissão docente.

A narrative as option and research methodology teacher education

Abstract
This article is the result of discussions conducted in the class of Narrative Research in the Doctorate in
Education PPGED - UFPI Education, the main objective is to reflect on the potential of narrative in the context of research and teacher education. The narrative of training has been constituted in the educational scene as one of the methodological choices among the various methods that have already established field. It is, by its nature, full of meanings and characteristics, allowing us to understand how its components trigger and provide the subjects the questioning, revelation, understanding and reflection on the teaching practice through different techniques and tools. The construction of narratives, its reading, analysis, discussion, in the contexts of initial and continuing training, embodies the potential in personal and professional development of teachers, contributing to the teaching professionalization.
Keywords: Narrative training; Teacher education; Teaching profession.


Palavras-chave


Narrativa de formação. Formação de professores. Profissão docente.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAHÃO, M H, M. B; PASSEGGI. M. As narrativas de formação, a teoria do professor reflexivo e a autorregulação da aprendizagem: uma possível aproximação. In: SIMÃO;

FRISON; ABRAHÃO. Autorregulação da aprendizagem e narrativas autobiográficas. Natal: EDUFRN: Porto Alegre: EDIPUCRS, 2012. p. 53-71.

BAUER, M; GASKELL, G. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

JOVCHELOVITCH, S; BAUER, M, W. Entrevista Narrativa In: BAUER, M, W; GASKELL, G. (Org.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.p.90-113.

BENJAMIN, Valter. O narrador: considerações sobre a obra de Nikolai Leskov. In: ______. Obras escolhidas. Magia e técnica, arte e política. V.1 São Paulo: Brasiliense, 1993.p.197-221.

BERTAUX, D. Narrativa de vida: a pesquisa e seus métodos. Natal, RN: Ed. UFRN, São Paulo: Paulus, 2008.

BOLÍVAR, A. Profissão professor: o itinerário profissional e a construção da escola. Bauru: EDUSC, 2002.

BRUNER, J. Atos de significação. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

BUENO, B. O. O método biográfico e os estudos com histórias de vida de professores: a questão da subjetividade. Revista Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 28, n. 1, p. 11-30, jan./jun. 2002.

CAMINI, I. Cartas pedagógicas: aprendizados que se entrecruzam e se comunicam. Porto Alegre: ESTEF, 2012. p. 56

CONNELLY, F. M.; CLANDININ, D. J. In: LARROSA, J. (Org.). Déjame que te cuente: ensayos sobre narrativa y educación. Barcelona, E: Laertes, 1995.p.11-51

DELORY, M. C. A pesquisa biográfica: projeto epistemológico e perspectivas metodológicas. In: ABRAHÃO, M. H. M. B; PASSEGGI. M. (Org.). Dimensões epistemológicas e metodológicas da pesquisa (auto) biográfica: Tomo I. Natal: EDUFRN: Porto Alegre: EDIPUCRS, Salvador, EDUNEB, 2012. p. 71-93.

Filme Narradores de Javé, Ano de Lançamento (Brasil): 2003. Estúdio: Bananeira Filmes/ Gullane Filmes/ Laterit Productions, Distribuição: Rio filme, Direção: Eliane Caffé, Roteiro: Luiz Alberto de Abreu e Eliane Caffé, Produção: Vânia Catani, Música: DJ Dolores e Orquestra Santa Massa, Fotografia: Hugo Kovensky, Direção de Arte: Carla Caffé, Edição: Daniel Rezende.

FOX, Men. Guilherme Augusto Araújo Fernandes. São Paulo: Brinque-Book, 1984.

GALZERANI, M. C. B. Percepções culturais do mundo da escola: em busca da rememoração. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISADORES DO ENSINO DE HISTÓRIA, 3., Campinas, 1999. Anais... Campinas: Gráfica da Faculdade de Educação da UNICAMP, 1999. p. 99-108.

GOODSON, I, F. Dar voz ao professor: as histórias de vida dos professores e o seu desenvolvimento profissional. In: NÓVOA, A. (Org.). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1992. p. 63-78.

GUEDES, P. A. L.; SILVA, C. B. da; GOMES, G. G. Memórias de leitura e formação de professores. Campinas/SP: Mercado de Letras, 2008.

PRADO, G. V. T; SOLIGO, R. Memorial de Formação: quando as memórias narram a história da formação... Disponível em: http://www.fe.unicamp.br/ensino/graduacao/downloads/proesf-memorial_GuilhermePrado_RosauraSoligo.pdf. > > Acesso em: 21 de fevereiro 2013.

PORTAL, L. L. F. Cartas: um universo desvelador de significados na formação do formador? In: Práticas docentes e práticas de (auto) formação. ABRAHÃO, M. H. M. B.; FRISON, L. M. B. (Org.). Natal: EDUFRN: Porto Alegre: EDIPUCRS, 2012. p. 79-105.

NÓVOA, A. Os professores e as histórias de vida. In: NÓVOA, A. (Org.). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1992. p. 11-30

PASSEGGI, M. C. Injução Institucional e sedução autobiográfica: as faces autopoéticas e avaliativa dos memoriais, In: BARBOSA, T. M. N.; PASSEGGI, M. C. (Org.). Memorial acadêmico: gênero, injunção institucional, sedução autobiográfica. Natal: EDUFRN, 2011.p.21-35.

PORLÁN, R.; MARTÍN, J. El diario del professor – un recurso para la

investigación en el aula. Sevilla: Díada, 1997.

RAMOS, M. A.; GONÇALVES, R. E. As narrativas autobiográficas do professor como estratégia de desenvolvimento e a prática do professor. In: ALARCÃO, I. A formação reflexiva de professores: estratégias de supervisão. Porto, Portugal: Porto Editora, 1996. p. 123-149.

SOUSA, E, C; ALMEIDA, J, B. Narrar histórias e contar a vida: memórias cotidianas e histórias de vida de educadores baianos. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. Pesquisa (auto) biográfica em rede. Natal: Ed. UFRN; Porto alegre: Ed. IPUCRS; Salvador; Ed. UNEB, 2012. P.29-31.

ZABALZA, M. Diários de aula: um instrumento de pesquisa e desenvolvimento profissional. Porto Alegre: ARTMED, 2004.




DOI: https://doi.org/10.24933/horizontes.v33i2.149

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Horizontes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Universidade São Francisco
CNSP-ASF | Casa de Nossa Senhora da Paz - Ação Social Franciscana

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia