Os saberes profissionais dos professores

Maria Aparecida Vilela Mendonça Pinto Coelho

Resumo


O foco deste estudo é a aprendizagem profissional de um grupo de professoras e seus objetivos são: compreender como professoras de Matemática que pertencem a um grupo do tipo colaborativo problematizaram suas concepções sobre Educação Estatística e como o movimento do grupo possibilitou a sistematização de saberes profissionais das professoras. A questão investigativa é: Como o movimento do grupo mobilizou práticas de ensinar e aprender Estatística e possibilitou a sistematização de saberes profissionais das professoras? A
pesquisa é qualitativa, buscando uma abordagem histórico-dialética. Ela apontou a necessidade de uma reformulação no currículo da Estatística na Escola Básica, na qual seja privilegiada a Literacia Estatística, ou seja, a interpretação e a compreensão dos resultados estatísticos. Alguns saberes das professoras foram sistematizados pelas interações dialógicas do grupo, pela contribuição do outro na produção do conhecimento e
pelo debate e a contradição como instigadores da produção de sentidos.

Palavras-chave: Desenvolvimento profissional de professores; Educação matemática; Educação estatística; Grupo colaborativo; Saberes profissionais dos professores.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24933/horizontes.v31i1.17

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Horizontes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Universidade São Francisco
CNSP-ASF | Casa de Nossa Senhora da Paz - Ação Social Franciscana

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia