A educação contra a barbárie: um confronto entre os ideais adornianos e jonasianos

Renato Kirchner, Marly Otani Cipolini

Resumo


Este trabalho tem por objetivo verificar o impulso destrutivo da humanidade, o porquê dessa nociva presença ao longo da história, como isso põe em perigo a permanência da vida na Terra e se é possível que se elimine tal impulso do indivíduo humano. Num primeiro momento, estudaremos os ideais de Theodor Adorno e, posteriormente, do conceito de responsabilidade de Hans Jonas sob um foco bem delimitado, uma vez que tamanha é a complexidade das obras desses autores, que necessitaríamos de trabalhos específicos voltados a cada um deles. Por fim, serão relacionadas as ideias centrais desses dois pensadores contemporâneos, de modo a demonstrar que convergem no tocante aos ideais em relação ao futuro. Para isso, foram utilizadas suas obras
principais: O princípio responsabilidade, de Jonas e Educação após Auschwtiz, de Adorno. Além disso, foi realizada uma comparação das teorias mencionadas com fatos cotidianos que as ilustram e sustentam, no plano concreto, como o recente caso de Sílvio Koerich.

Palavras-chave: Educação; Emancipação; Responsabilidade; Theodor Adorno; Hans Jonas.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24933/horizontes.v31i1.25

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Horizontes

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Universidade São Francisco
CNSP-ASF | Casa de Nossa Senhora da Paz - Ação Social Franciscana

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia